Os 9 alimentos proibidos aos cães
Cuidados básicos

Os 9 alimentos proibidos aos cães

Veja todos os itens para cães
De certeza que o teu cão não se importaria de provar a tua comida. No entanto, tens de ter em atenção que na tua dieta existem alimentos que são potencialmente tóxicos para o teu amigo de quatro patas. Estes podem representar uma ameaça para a sua saúde. Conhecer os alimentos proibidos aos cães vai ajudar-te a que evites intoxicações e outros problemas.

Os principais alimentos proibidos para cães

Existem diversos alimentos “para humanos” que são um risco para o bem-estar do teu cão. Na maioria das ocasiões, o dano que estes ingredientes podem causar, depende da quantidade ingerida dos mesmos. Mas a sensibilidade, idade, características da raça ou o estado de saúde, poderão afetar ainda mais a ingestão de alimentos proibidos. 

Os alimentos proibidos que mais afetam os cães, são os seguintes:

1. Alho e cebola. Estes alimentos, assim como outros vegetais como o alho-porro e o cebolinho, podem ser tóxicos para o teu cão – especialmente se for da raça Akita ou Shiba Inu

Se o teu melhor amigo tiver este tipo de intoxicação é possível que notes sintomas como: fraqueza, mucosas mais pálidas, respiração/pulso rápidos ou aparecimento de sangue na urina. Também é provável que tenha vómitos, diarreias e dor abdominal.  

2. Etanol ou Álcool etílico. As bebidas alcoólicas são prejudiciais para os cães, assim como outros produtos que contenham álcool (como é o caso da massa de pão crua).

Estes produtos afetam gravemente o sistema nervoso do teu cão. Podem produzir convulsões, problemas respiratórios e de fígado – no pior dos cenários pode provocar um coma.  

3. Chocolate, café e chá. O nível de toxicidade destes alimentos depende das quantidades ingeridas e do peso do teu cão. Seja como for, deves sempre evitá-los. 

Alguns dos seus efeitos nocivos são: hiperatividade, tremores, convulsões, taquicardia, arritmia e problemas gastrointestinais. Se o teu cão comer algum destes alimentos, deves acudir a um veterinário o quanto antes. Estas doses poderão ser fatais caso não atues com rapidez. 

4. Xilitol. Este edulcorante artificial, encontra-se em muitos produtos alimentares dos humanos. Recomendamos que se vais dar algo ao teu cão, que esteja despensa, leias bem a lista de ingredientes primeiro.

O seu grau de toxicidade vai variando dependendo da quantidade ingerida pelo cão. Se o teu cão consumir este alimento é possível que, em poucas horas, sofra com vómitos, diarreia, letargia, convulsões ou outros problemas mais graves. 

5. Nozes de macadâmia. Este tipo de noz afeta de modos distintos os animais, conforme a sensibilidade que tenham em relação a estas. De qualquer modo, são um alimento proibido para cães. 

Alguns dos sintomas apresentados em caso de ingestão, são: problemas gastrointestinais, dores, vómitos, diarreia, fraqueza, rigidez nas patas ou tremores. 

6. Uvas. Não são bem conhecidas as razões, mas as uvas frescas e derivados (como por exemplo passas), não são boas para o teu companheiro.

Este alimento proibido pode causar aos cães problemas graves nos rins. Também pode provocar anorexia, dor de estômago, vómitos e diarreia.  

7. Abacate. Como o componente tóxico do abacate pode ser encontrado na pele e nos ossos, é provável que o fruto também cause problemas graves ao teu cão.

Se o teu amigo ficar sozinho em casa e decidir devorar um abacate inteiro, poderás observar os seguintes sintomas de intoxicação: vómitos, diarreia, letargia e anorexia. 

8. Leite de vaca. O leite não é exatamente um alimento tóxico, mas se o teu cão já é adulto deves dar-lhe com precaução, pois provoca uma má digestão. Se tens um cachorro, não é recomendável que lhe dês leite de vaca, já que esse tipo de leite não tem os nutrientes necessários. 

Aos cães adultos o leite de vaca pode provocar desidratação e alterações gastrointestinais, que podem chegar a ser graves. 

9. Ossos pequenos. Os ossos finos e facilmente quebráveis, como os de frango, podem ser perigosos. 

Estes podem provocar feridas, perfurações e outros danos no aparelho digestivo do teu melhor amigo. Além do mais, poderá ficar com um osso atravessado na garganta que poderá, fatalmente, impedir a respiração. 

Além destes alimentos proibidos aos cães, existem muitos outros que podem ser tóxicos, ainda que não seja tão habitual. Deves ter precaução com alimentos como beringela, amêndoas, mostarda ou canela. 

O que fazer se o teu cão tiver comido um alimento tóxico?

Se suspeitas que o teu cão ingeriu algum destes alimentos proibidos e, acima de tudo, se notares algum dos sintomas acima descritos, não hesites em falar com o veterinário quanto antes. Na maioria dos casos, com o tratamento adequado, não haverão problemas de maior. 

Lembra-te que além de ofereceres uma alimentação de qualidade, saudável e equilibrada – a prevenção é a medida básica para que o teu cão esteja saudável. Se tiveres alguma dúvida, o recomendado é que evites dar ao teu cão alimentos dos quais não estás certo que sejam bons para ele. 

Os 9 alimentos proibidos aos cães


 

Compartilhar no