Calendário de vacinas para cães
Cuidados básicos

Calendário de vacinas para cães

Retorna
Uma das necessidades dos cães ao longo da sua vida são as vacinas. Elas previnem doenças e mantêm o cão saudável e feliz. Para que nada te escape, criámos um calendário de vacinas para o teu cão. Fica atento ao que temos para ti!

Porquê que é tão importante vacinar os cães?

Os compostos farmacológicos das vacinas são elaborados com vírus e bactérias débeis ou até mesmo mortas. O objetivo é estimular o sistema imunitário a fabricar anticorpos que lutem contra eles. Assim, quando algum destes vírus entre no organismo do cão, o seu corpo já estará preparado para lutar contra eles. 

É crucial que antes de de administrar uma vacina ao teu cão, estejas seguro de que ele está bem de saúde. O veterinário poderá sugerir uma desparasitação e uma avaliação do estado de saúde do cão. Porquê é que isto é tão importante? Porque o seu sistema imunitário estará a lutar contra outro problema, tornando difícil a assimilação da vacina. 
 

Tipos de vacinas

Existem dois tipos de vacinas para cães:

Essenciais

São aquelas que previnem doenças graves ou muito frequentes, como por exemplo:

  • Parvovírus, afeta o intestino e o sistema imunitário com vómitos e diarreias.
  • Cinomose, que pode destruir o intestino, os sistemas respiratório e nervoso, se não for tratado a tempo. 
  • Hepatite, um vírus facilmente contagiável que afeta o fígado.
  • A raiva, um dos males mais comuns no mundo canino..

Não essenciais

Estas não são sempre obrigatórias, mas estão recomendadas consoante a zona em que vivas. Estas são as mais comuns:

  • Leptospirose. Esta é uma doença que se adquire através do contágio pela urina ou água. Os seus sintomas são febre, problemas renais e hepáticos.  
  • Traqueobronquite infeciosa canina ou Tosse do Canil. Ainda que não seja grave, trata-se de uma doença respiratória muito chata. É recomendável se o teu cão viver com outros cães ou se o seu aparelho respiratório é frágil. 
  • Leishmaniose. É causada através da picada de um mosquito e pode até mesmo levar à morte, se não for tratada a tempo.
     
Calendário de vacinas para cães

Calendário de vacinas para cães

Agora que já conheces as vacinas obrigatórias, poderás seguir este calendário para que possas proteger o teu melhor amigo:

Cachorros

  • A polivalente deve ser administrada entre as 6-8 semanas de idade. Deve ser repetida cada 2-4 semanas até que chegue às 16 semanas. Estes espaços de tempo são recomendados porque enquanto o cachorro receba anticorpos da mãe, estes poderão diminuir a efetividade das vacinas. Por este motivo deve-se esperar que o cachorro chegue a um mês e meio de idade para iniciar a vacinação. Em alguns casos poderá ser necessário esperar pelos quatro meses de idade. 
  • Entre os 6-12 meses de idade é recomendável uma nova dose da vacina polivalente. O veterinário poderá sugerir um teste de anticorpos para assegurar que o cachorro se encontra protegido. 
  • A vacina contra a raiva deve ser administrada entre os três meses de idade até aos doze
  • Tosse do canil. Apenas uma dose entre a 6ª e a 8ª semana de vida. 
  • Leishmaniose. Apenas é aplicada em zonas onde existe o parasita e deve sempre fazer-se após os seis meses de idade. 

Cães adultos

Para os cães adultos houve uma mudança importante em 2016. Recomendava-se que se repetissem as vacinas dos cães anualmente, mas já está demonstrado que os anticorpos de muitas vacinas possuem efetividade durante três anos. Por este motivo, a WSABA (Associação Veterinária Mundial de Pequenos Animais) sugere que as vacinas essenciais se repitam a cada três anos. 

  • Uma delas é a Trivalente, que combate o parvovírus, cinomose e hepatite infeciosa. Com as novas normas, esta deve repetir-se a cada três anos. 
  • A vacina da raiva é administrada segundo o lugar em que vives. Apesar de esta ser uma doença erradicada, em Portugal esta vacina é obrigatória. 
  • Leptospirose, tosse de canil e leishmaniose, são vacinas que devem ser aplicadas anualmente, tendo em conta a localização geográfica e outras circunstâncias particulares. 

Como podes ver, as vacinas dos cães diferem consoante a sua localização geográfica. Porém as vacinas essenciais são obrigatórias para todos os cães. Para que possas assegurar que não te falta nenhuma, fala com o teu veterinário para que te possa ajudar a elaborar um plano de vacinação específico para o teu cão
 

Compartilhar no