7 Jogos para estimular o teu gato
Partilhar experiências

7 Jogos para estimular o teu gato

Voltar atrás
Para um felino, brincar é muito mais importante do que algumas pessoas julgam. Jogar com o teu gato é o ideal para que ele se mantenha em forma, tanto física como psicologicamente. Os jogos de gatos que propomos de seguida, são uma boa ideia para brincar e estreitar, ainda mais, a relação que tens com o teu gato.

Porque é que os gatos precisam de brincar?

Brincar, seja de que modo for, é fundamental desde que o teu gato é pequenino. Se ele brincar com a sua mãe e com os seus irmãos irá aprender muitas coisas que serão úteis para a sua vida adulta:

  • Aprende a coordenar os movimentos, saltos e caídas 
  • Treina o seu comportamento de caçador.
  • Adquire capacidades para usar a linguagem dos felinos.
  • Avalia as suas capacidades físicas.
  • Aprende a resolver pequenos problemas e desenvolvem a inteligência.
  • Estabelece relações de afetividade com os seus donos humanos, com outros gatos ou outros animais da família. 
  • Além do mais, brincar implica que ele se movimente e como sabemos, o exercício física é muito recomendado para que o gato se mantenha na sua melhor forma. 

Brincar com o teu gatinho durante a sua primeira etapa de vida

Quando o teu gato é pequeninho é essencial que brinques com ele, para que possa desenvolver-se de forma equilibrada, tanto para bem da sua saúde física como para o seu comportamento. Os felinos que não brinquem durante esta etapa tão importante do seu desenvolvimento, podem vir a ter problemas quando cheguem à idade adulta. São exemplos destes problemas: brincar sem controlo nenhum, não estar acostumado que o toquem, ser agressivo durante as brincadeiras, mostrar medo em determinadas situações…etc. Para que estas situações não se sucedam, aqui tens algumas recomendações úteis: 

  1. Para combater o instinto de caçador do teu gatinho, o melhor será que lhe apresentes brinquedos que se movam e lhe estimulem o comportamento de caçador. Deves focar o jogo num brinquedo e não na tua mão ou no teu pé.
  2. É bom que brinques com o teu gatinho diariamente. Sobretudo, deves brincar com ele no momento do dia em que estará mais ativo: entre a tarde/noite. Mas lembra-te de não o excitares demais, depois será mais difícil baixar o seu nível de energia. 
  3. Aproveita os bocadinhos de brincadeira para que ele se acostume ao teu contato e manipulação. Assim, quando ele seja adulto, será mais fácil tocá-lo (o que será muito útil quando, por exemplo, o tenhas de levar ao veterinário).
  4. Os gatinhos adoram coisas penduradas e que se movam rápido no chão. No entanto, deves ter em conta este conselho: é muito importante que estes brinquedos não tenham fios ou cordas que possam ser ingeridos. Tem cuidado, também, com os plásticos tóxicos e objetos pequenos. 
  5. Não te esqueças que brincar é a melhor maneira de estreitares a relação afetiva entre ti e o teu gato. 

Ideias de jogos para gatos

Para brincares com o teu gato apenas precisas de tempo, imaginação e vontade. Tu, melhor que ninguém, conheces o que o teu gato gosta. A Última pretende dar-te algumas ideias de jogos que poderás pôr em prática ou adaptar da forma que mais te convenha. 

Brinquedos interativos

Estes tipos de brinquedos estimulam mentalmente os gatos porque lhes propõe um desafio cognitivo: como tirar a recompensa comestível de dentro do brinquedo?

No mercado existe uma grande variedade de brinquedos interativos, mas estes também se podem fabricar em casa facilmente. O que deves ter em conta na hora de os usar é o seguinte:

  • A dificuldade do desafio deve ser adequada ao teu gato, como por exemplo: se ainda é um gatinho, terás que começar por lhe propor algum desafio simples, para que comece a entender a mecânica deste tipo de jogos para gatos sem frustrações. 
  • Os materiais devem ser adequados: se fabricares um brinquedo em casa, procura usar materiais seguros. Evita peças pequenas que ele possa engolir ou que se possam cravar na pele. 

Caixas

Como já deves saber, os gatos adoram caixas. Desta forma já sabes que não é mesmo preciso que puxes muito pela cabeça para fazeres o teu gato feliz. Simplesmente deixa-o esconder-se e que possa entrar e sair tantas vezes quanto queira. Enquanto ele estiver assim entretido, estará a fazer exercício e a distrair a mente. Podes usar qualquer caixa de cartão que tenhas por casa. 

Paus e Varinhas

Estes brinquedos para gatos consistem em atar um pequeno boneco a um fio ligado a um pau. Exatamente como se fosse uma cana de pescar 

As varinhas são ideais para reconduzir o comportamento de caça do gato. Pode orientá-lo em direção a um brinquedo, em vez das tuas mãos ou pés. 

“Os paus com bonecos são um bom brinquedo para partilhar entre gatos e crianças. Estamos a ensinar ao felino que o que ele deve caçar são os brinquedos, enquanto as mãos e os pés dos menores ficam fora do jogo”, explica-nos a Associação Internacional para o Cuidado do Gato. 

Bolsas de papel

Semelhante às caixas, as bolsas de papel têm algo que os gatos adoram. Para que estas fiquem ainda mais divertidas podes pôr lá dentro uma bola.

As bolas pequeninas que rodam rapidamente e que se movem como se fossem um rato, são dos brinquedos favoritos dos felinos. Na realidade, tudo aquilo que evoque o movimento de uma presa é bastante atrativo para brincar. 

Jogo da serpente

Uma boa ideia para fabricar um brinquedo interativo caseiro é unir vários rolos de papel higiénico com uma corda e colocar no interior um petisco. O movimento de “serpente” que se ocasiona e os petiscos escondidos nela são um grande passatempo para os felinos. Como vês é um jogo para gatos fácil, barato e divertido. 

Jogo do esconde-esconde

O jogo do esconde-esconde é um clássico nos jogos de inteligência. Para que possas jogá-lo com o teu gato apenas precisas de três ou quatro recipientes iguais e pequenos, assim como algumas recompensas comestíveis. Podes até usar os copos dos iogurtes. 

A ideia deste jogo é muito simples: basta esconder o prémio num dos recipiente e de seguida misturá-los de modo a que o teu gato possa assinalar onde se encontra a recompensa.
A primeira vez que jogares ao esconde-esconde com o teu gato, lembra-te de começar lentamente para que ele possa compreender a mecânica do jogo. 
 

 

Para concluir

  • Os brinquedos para gatos favorecem a sua saúde física e mental. 
  • Brincar é uma necessidade vital para os gatos e ajuda-os a desenvolverem-se melhor para o seu dia-a-dia.
  • Se fabricares brinquedos caseiros tem cuidados com os materiais tóxicos ou peças pequenas que se possam desprender. 
  • Brincar é uma das melhores maneiras para melhorares a relação com o teu gato. 
     
Compartilhar no